Agora é contigo, Autuori

maio 14, 2009

Técnico comandará o Grêmio nas quartas

O Grêmio não teve dificuldades para derrotar o San Martín, do Peru, por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, no Olímpico. Com o resultado, o Tricolor confirmou a classificação às quartas-de-final da Copa Libertadores da América. No dia 27 de maio, o time da Azenha enfrenta o Caracas, da Venezuela, fora de casa. O jogo de volta, no Olímpico, ainda não tem data definida.

Além da classificação à fase seguinte da competição intercontinental, a direção gremista anunciou, ao final da partida, que o técnico Paulo Autuori desembarca em Porto Alegre na próxima segunda-feira para assinar contrato até 2010 com o clube. A comissão técnica será composta ainda pelo preparador físico Gilvan Santos e pelo assessor Renê Weber. Em cinco partidas pela Libertadores, Marcelo Rospide ganhou todas. Agora, ele será o mediador da equipe até que o novo técnico imponha sua ideias.

O jogo

Em nenhum momento da partida, o San Martín ameaçou o Grêmio. Rospide manteve o esquema 3-5-2 colocando Thiego na zaga pelo lado direito no lugar do defensor Léo, que não foi a campo por conta de uma contratura muscular. Cerca de 23 mil torcedores acompanharam um embate desfavorecido pela chuva forte. A água concentrada no gramado fez com que a partida perdesse a qualidade técnica.

Entre poças e deslizes, o atacante Jonas conseguiu se destacar no jogo. Desta vez, de forma produtiva. Aos seis minutos, diante do goleiro Butrón, ele perdeu a chance de abrir o placar. Aos 18, ele foi efetivo e marcou o gol que colocou o Tricolor em vantagem. Em cobrança curta de escanteio, a bola foi até o Fábio Santos pelo lado esquerdo. O ala ergueu a bola no segundo pau, onde Jonas torneou de cabeça e abriu a contagem. O avante acabou com um jejum de gols que datada de 25 de março deste ano, quando marcou na vitória sobre o Aurora, na Bolívia, ainda pela primeira fase da Libertadores.

No primeiro tempo, o San Martín arriscou-se poucas vezes no ataque. A melhor oportunidade veio aos 15 minutos, quando Arzuaga passou por Thiego pelo lado direito da defesa gremista e só foi desarmado por Rafael Marques. Na sequência do lance, com a bola ainda viva, o goleiro Victor falhou e o atacante, de frente para a meta, chutou para fora.

Na etapa complementar, o técnico gremista trocou Fábio Santos por Jadílson na ala-esquerda. Como consequência, o Tricolor avançava ao ataque por aquele lado. O Grêmio rondava a área adversária, mas parecia estar morno e cansado. Aos 18 minutos, Marcelo Rospide promoveu a entrada de Herrera no lugar de Jonas. As alterações deram resultado.

Aos 30 minutos da etapa final, Jadílson desceu ao ataque pelo flanco esquerdo e centrou para Maxi López, dentro da área peruana. Com classe, o argentino escorou a bola para o compatriota Herrera soltar a bomba de primeiro e ampliar o placar. 2×0.

Além de garantir a vaga para pegar os venezuelanos do Caracas, o resultado desta quarta-feira mantém uma invencibilidade de 19 jogos do tricolor no Estádio Olímpico. A última derrota foi contra o Goiás, pelo Brasileirão de 2008. Outro fato positivo é que na Libertadores 2009 o arco do goleiro Victor ainda não foi vazado nas partidas disputadas no Olímpico.

Juliana de Brito

Anúncios

A primeira tarefa

maio 4, 2009

Então, nossa primeira atividade do Curso de Extensão Jornalismo Esportivo Unisinos 2009 será a cobertura de duas partidas que se realizam na próxima quarta-feira, 6 de maio. Um grupo vai trabalhar com Inter x Náutico, pela Copa do Brasil, e outro com San Martín x Grêmio, pela Libertadores.

Não esqueçam de organizar uma boa pauta para enfrentar a tarefa. E só para lembrar: a matéria deve ter 30 linhas, título de 24 toques (contando com os espaços) e linha de apoio de até 40 toques. Entregar na próxima sexta-feira, 8 de maio. É isso.
Juan